Desculpe, não possível recuperar os dados no momento.

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home/u249421785/domains/produtosdemadeira.com.br/public_html/wp-content/plugins/cotacao-moedas-hoje/public/class-cmh-bcb-public.php on line 126
Referência Produtos de Madeira

Dicas para eliminar cupins de móveis de madeira

Prevenir é a melhor solução quando se fala de peças e materiais em marcenarias. Saiba como lidar com a ameaça dos cupins

Vinagre, naftalina, querosene, etc. Essas são algumas das substâncias que muitos costumam utilizar na tentativa de acabar com os ataques de cupins, tanto em móveis de madeira prontos quanto em peças e materiais em marcenarias.

No entanto, nem sempre funcionam. O vinagre, por exemplo, é eficaz somente quando a infestação está bem no início. Já os outros dois são ineficazes para essa atividade.

É fundamental optar por produtos específicos e que sejam fabricados por empresas idôneas.

Existem tipos de madeiras que são imunes (ou mais resistentes) aos cupins, tais como peroba, peroba-rosa, jacarandá, pau-ferro, maçaranduba e mogno.

No entanto, tantas outras costumam atrair o gosto dessas pragas que tendem a corroer o móvel de madeira e a danificá-lo com o tempo. Muitas vezes, o dano é fatal e o mobiliário perde a sua viabilidade.

Infestação de cupim: o que deve ser feito?

Primeiramente, vale detectar a ação dos cupins. Ou seja, observando se existe a presença de resíduos (grânulos de madeira) e/ou túneis nas peças (microfuros), embora esses furos só apareçam depois de muito tempo.

É fundamental ainda inspecionar periodicamente os móveis de madeira prontos e também os materiais nas marcenarias. Uma dica é verificar se estão ocos. Caso sim, provavelmente, se trata de uma infestação de cupins.

Segundo Kelly Lima, Consultora da Montana Química, é fundamental prevenir para não precisar remediar. Isto significa que é possível evitar o ataque das pragas.

A propósito, essa dica é específica para as madeiras em produção, nas marcenarias. O mais indicado é que as etapas não sejam puladas. A prevenção ao cupim deve acontecer antes da preparação da peça para o trabalho do marceneiro.

De acordo com Kelly, essa prevenção não é nenhum bicho de sete cabeças. “O produto é o mesmo, tanto para prevenir quanto para combater o cupim.  Utiliza-se um cupinicida”, explica.

Método de prevenção

Como funciona a prevenção ao cupim nas marcenarias? Conforme explica a consultora, nem sempre o cupim deixa furos. E, às vezes, deixa poucos. Neste caso, vale fazer alguns microfuros para que o cupinicida penetre melhor na madeira.

“O produto deve ser aplicado na versão líquida, com a madeira seca e crua, sem qualquer outro produto de acabamento”. Kelly se refere à aplicação de produtos como verniz ou stain.

O processo, portanto, consiste na aplicação do produto com o auxílio de um pincel, que deve percorrer todos os lados da madeira, inclusive, nos locais onde serão feitos furos e cortes. Antes disso, porém, é importante remover as impurezas da madeira (limpeza adequada).

Eliminando a infestação de cupins

Mas, e quando o problema já existe? O que pode ser feito para acabar com a infestação de cupins? Aqui, a dica vale também para os móveis de madeira prontos.

Antes de tudo, é necessário analisar a intensidade e o quão comprometida está a peça ou o mobiliário todo. Em muitos casos há salvação. Ou seja, quando a madeira não está muito comprometida, conforme citamos anteriormente.

A especialista da Montana indica que é recomendado utilizar o cupinicida com o bico aplicador. Esse tipo de produto, com aplicador, foi desenvolvido para ser justamente injetado na madeira por meio dos furos causados pelos próprios cupins.

Mais uma vez, se os furos não ajudarem no processo (ou se estiverem num local com difícil acesso), vale fazer alguns outros para a aplicação do cupinicida.

Uma outra dica é procurar pela associação de controladores de vetores e pragas do respectivo estado. Os especialistas ajudarão com as melhores práticas e cuidados. Isso porque pode ser que as pragas tenham se alastrado para outros móveis de madeira ou demais peças na marcenaria.

Dicas simples e práticas para eliminar cupins

Além de usar cupinicida para prevenir ou remediar a infestação de cupins, bem como contatar especialistas de uma associação de controladores de vetores e pragas, algumas medidas simples podem ajudar também. Confira a seguir!

1. Barulhos

Os cupins fazem barulho? Na verdade, não. Mas para ouvir algum ruído, basta colocar um copo vazio sobre a peça de madeira e esperar alguns minutos. Os barulhinhos que serão ouvidos indicarão a presença de cupins.

2. Celulose

Celulose é um polissacarídeo presente no papelão e no papel. Esses materiais podem ser usados para atrair os cupins para fora das colônias e, então, eliminá-los.

3. Umidade

É fundamental que a marcenaria não tenha nenhum ponto de umidade, uma vez que algumas espécies de cupins preferem locais úmidos.

4. Colônia

Se encontrar uma colônia, não espante as pragas de lá, pois elas partirão para novos móveis ou peças de madeira. Até a possível dedetização, deixe os cupins no local e evite que se espalhem.

5. Restos

Os restos de madeira são um convite a infestação de cupins na marcenaria, principalmente, porque eles ficam esquecidos. Ninguém inspeciona essas peças e os cupins ganham espaço.

O ideal é evitar o acúmulo de sobras de madeira. Descarte corretamente, doe para outros fins ou reutilize.

Fonte: Formóbile. https://digital.formobile.com.br/oportunidades/dicas-para-eliminar-cupins-de-moveis-de-madeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *